sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Tradução - O negro fala sobre rios - Langston Hughes


Conheço rios:
Conheço rios velhos como o mundo e mais velhos que o fluir de sangue humano em humanas veias.

Minha alma hoje é funda como os rios.

Me banhei no Eufrates na juventude da aurora.
Fiz minha cabana no Congo e ele me embalou para dormir.
Me voltei ao Nilo e levantei sobre ele as pirâmides.
Ouvi o cantar do Mississipi quando Abe Lincoln desceu rumo a New Orleans, e vi seu seio lodoso dourar-se todo ao pôr-do-sol.

Conheço rios.
Antigos, sombrios rios.

Minha alma hoje é funda como os rios.

_______________________
(original)

The negro speaks of rivers

I've known rivers:
I've known rivers ancient as the world and older than the flow of human blood in human veins.

My soul has grown deep like the rivers.

I bathed in the Euphrates when dawns were young.
I built my hut near the Congo and it lulled me to sleep.
I looked upon the Nile and raised the pyramids above it.
I heard the singing of the Mississippi when Abe Lincoln went down to New Orleans, and I've seen its muddy bosom turn all golden in the sunset.

I've known rivers:
Ancient, dusky rivers.

My soul has grown deep like the rivers.

Nenhum comentário:

Postar um comentário